Pesca de Praia - Dicas, Técnicas e Métodos Para Iniciantes

DICAS E CONCEITOS BÁSICOS SOBRE PESCA DE PRAIA

A princípio, gostaria de enfatizar que a pesca de praia é sem dúvida, a modalidade de pesca mais difícil do mundo devido ao seu grau de dificuldade e da exigência de conhecimento e experiência de seus praticantes em diversos fatores como: leitura topográfica da profundidade, inclinação e correntes das praias e seus canais, além de prever e prevenir-se no que diz respeito as condições meteorológicas, ventanias e saber aproveitar as correntes marítimas positivamente, são elementos chaves para se obter produtividade na pesca de praia. Mais tamanho conhecimentos não se adquire em pouco tempo. É preciso muita prática, pesquisa e dedicação. 

Por isso praticá-la não é simplesmente como entrar num barco, usar um sonar, encontrar os peixes, ancorar o barco, pôr isca no anzol e começar a puxar peixes aos montes, depois filmar, fotografar e exibir em quadros e dizer: Eu sou um pescador de verdade!. Vejam os peixes que eu já pesquei. Bom, o que quero dizer com isso é que no mar e em rios e lagos, existem pesqueiros já bem definidos e conhecidos por pescadores, e com o auxílio tecnológico e pessoal, esses tipos de pesca se torna muito fácil.  

Enquanto que na pesca de praia é só o pescador, com seu material e técnicas, experiências e conhecimentos, que tem que saber lidar contra um imenso mar, ondas, ventos, sol escaldante, chuvas, sargaço, banhistas, jet skis, lanchas... entre tantas dificuldades, o pescador ainda tem que saber a localização dos canais onde estão os peixes, montar o material correto para fazer longos e precisos arremessos de modo que atinja esses canais. Caso contrário, vem prá casa cansado, queimado do sol, triste e sem peixe. 

CONCEITOS DA PESCA DE PRAIA PARA INICIANTES

Pesca de praia não é tão fácil como muitos pensam. Prá ter êxito nela, é preciso prática e conhecimento, e isso exige do praticante, muita dedicação e empenho, e principalmente a busca de aprendizado e conhecimento constante das técnicas e métodos usados pelos experts e profissionais da pesca de praia, que para a obtenção de êxito, esses pescadores enfrentam constantemente a luta contra a atual escacês de peixes nos litorais, as mudanças climáticas, como o sol forte, chuva e ventos constantes que influenciam nas correntes marítimas. Além disso é preciso entender as marés e saber qual a melhor para pescar. É preciso que todo iniciante entenda que pescar em praia, não é só nas horas livres, montar o material e arremessar a esmo e esperar que os peixes sintam o cheiro da isca e se fisguem em seus anzóis.

A pesca de praia é muito mais complexa que isso. Ela requer bom entendimento e uma leitura antecipada do local, para descobrir a piscosidade, para dai sim, obter bons resultados e muitos peixes. A pescaria em praias requerem técnicas que nem sempre são fáceis de aprender, até porque não existem um manual único e específico que ensine em detalhes um modo universal de praticar a pesca de praia

Na verdade as informações que vemos sobre pesca de praia hoje em dia, são muitas delas fragmentadas, diversificadas em linguagens que se diferenciam de estado a estado do "Brasil". Como exemplo vemos que em alguns estados o "caniço" é chamado de "vara", o porta vara é chamado de "suporte e descanso". A nomenclatura dos peixes é muito também é muito diversificada. Temos como exemplo a betara que é chamada de: "perna de moça, papa terra, corre areia", a carapeba que é chamada de "caratinga", o robalo que é chamado de "robalo peva, flecha, camurim". Sem falar em outros peixes e materiais. 

Por fim há de se ver que os muitos fatores fazem da pesca de praia, a mais difícil, porém, a mais emocionante e o ponto de partida para milhares de pescadores no mundo inteiro.


SAIA DA CRISE
Aprenda Rápido e Fácil Como Consertar Iphone, Sansung, Motorola, Sony, LG
Curso Completo de Manutenção, Conserto e Reparo de Celular e Smartphone
SAIBA COMO AQUI

Um comentário: