10 Dicas de Como Pescar Corvina Com a Isca, Maré e Material Certo

Foto de um peixe corvina do mar nadando
Uma das técnicas infalíveis na pesca da corvina, é saber o horário, a maré certa e principalmente utilizar o material correto na pesca. Por isso vamos ver logo abaixo em detalhes, dicas, métodos e técnicas para a pesca da corvina, passo a passo.
1 - ALIMENTAÇÃO: A corvina é um peixe que tem o hábito de se alimentar geralmente pela manhã e no final da tarde, mas também é recomendável pescá-la durante a noite, quando ela também pode ser encontrada ativamente em águas calmas, profundas e de pouca correnteza. Isto é um fato comprovado!. 
2 - ISCAS: Preferencialmente utilize iscas vivas sardinha, lambari, sauna, piaba entre outras, colocando o anzol sempre na parte dorsal e sempre manuseando a com bastante cuidado e mantendo-a em local com abundante oxigenação. Assim ela dentro d´água estará sempre em movimento atraindo a corvina. Obs.: As iscas artificiais, em alto-mar, quando bem trabalhadas são mortais e proporcionam ótimos resultados em pescarias embarcadas, mas lembre-se, é preciso saber o tipo de isca específica, e para isso peça orientação ao vendedor na hora da compra, repassando dados como o local, horário e o tipo de maré que você vai pescar.
3 - CONSERVAÇÃO: Como as corvinas sempre nadam em cardumes, o recomendável é que você leve em sua pescaria bastante gelo em caixa térmica ou de isopor, ou bastante sal grosso para conservar assim seu pescado.
5 - ONDE ENCONTRÁ-LAS: Procure locais calmos, fundos, silenciosos e com pouca correnteza, pois este é o ambiente típico onde você vai encontra-las com certeza.
6 - VARA(Caniço) APROPRIADA: Use uma vara de tamanho médio e resistente. Exemplo: Vara de 2,40 a 3,30 metros, e preferencialmente de fibra de vidro. Tamanho menor para um melhor manuseio e material resistente para evitar a quebra.
7 - ANZOL: Use anzóis específicos, grandes e resistentes, utilizados na pesca de traíras e peixes vorazes, e aguarde sempre ela bicar primeiro, prá depois dar a fisgada com firmeza, pois a corvina sempre dá uma prévia e depois engole de vez o anzol. Por isso, espere o momento certo antes de dar o tranco.
8 - CHICOTE: Use chicote com tamanhos entre 40 e 60 centímetros, isso deixará a isca viva com espaço para nadar e atrair a corvina.
9 - EMPATE: Use o empate de aço!. A utilização do empate de aço é excêncial para assegurar a captura do peixe,  pois podem aparecer qualquer outro tipo de peixe até maior e levar o seu material. diante disso, previna-se fazendo uso do empate de aço.
10 - PACIÊNCIA: Manter a calma em qualquer momento crítico é muito importante, portanto, sempre procure mater-se calmo desde a hora da fisgada até o recolhimento do peixe. 

Obs.: Durante a briga com o peixe, o nosso organismo libera a adrenalina, que acelera os batimentos cardíacos e nos deixa tensos, ansiosos e afobados, mas isso é normal!. Por isso é importante manter a calma, trabalhar o peixe, liberando e recolhendo a linha, independente do tempo, chega um momento em que o peixe assim como nós, chega ao limite e logo se entrega, o segredo é saber administrar o peixe até que esse momento chegue e depois que ele boiar de lado é um sinal de que ele já perdeu todas as forças e ai é só recolhê-lo e logo o nosso organismo libera  a substância endorfina, que nos dá uma sensação de prazer e satisfação. 
Se este post lhe foi útil, deixe seu cometário, seja ele um elogio, sugestão ou crítica!.

12 comentários:

  1. Cara parabens pelas informações, elas valem ouro em se tratando de pesca. Belo Blog. Abs
    Samu - RJ

    ResponderExcluir
  2. EDSON vale mais que ouro vale CORVINA

    ResponderExcluir
  3. só para completar essas ótimas dicas eu uso anzol de robalo aquele que parece um S é fatal e também chicote em cima e chumbada em baixo funciona 100% mas valeu apena ler e guardar essas dicas são ótimas. VALDIR PATTARO,NOSSA SRA DAS GRAÇAS PR

    ResponderExcluir
  4. sou azevedo dos reis. okei meu gostei de cabo verde ilha do sal.mas gostaria saber que numero de linha se usa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A linha das pernadas dos anzóis, tanto de monofilamento(Nylon), quanto fluorcarbono, deve ser de espessuras entre 25 a 45mm (milímetros).

      Excluir
  5. Estou muito grato pela informação.
    Essa foi umas das melhores que li ate agora.
    Parabens.
    Estou grato.
    abços.
    Flavio do Jardim America RJ.

    ResponderExcluir
  6. Valeu meu amigo, muito bom seus comentários; pesco em mangaratiba e esta é a técnica.Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  7. muito boa essa informação gostei

    ResponderExcluir
  8. Mais uma que eu aprendi que as corvinas gostam de àguas calmas, obrigado pela dica!

    ResponderExcluir
  9. Grande dica, eu não sabia que a corvina gosta de àguas calmas, valeu mesmo amigo!

    ResponderExcluir
  10. Vou esperimentar ser der serto deu utilisarei muito

    ResponderExcluir