Como Aliviar Queimaduras da Caravela (Água-Viva)

Foto de uma caravela agua viva
A caravela(água-viva) é muito perigosa e comum nos litorais brasileiro. Trazida pelas correntes marítimas elas sempre aparecem de repente entre as espumas das ondas. Apesar de uma cor deslumbrante, ela esconde o grande perigo em seus longos tentáculos de até 30 metros que em contato com qualquer ser vivo, libera uma mucosa tóxica urticante muito perigosa que provoca dor insuportável, como queimaduras em várias partes do corpo e danos momentâneos à alguns órgão humanos como: músculos das pernas e testículos). 


COMO EVITAR O CONTATO: O aparecimento das caravelas(água viva) na beira da praia, geralmente ocorre quando a maré está enchendo devido o deslocamento constante da correnteza, portanto, o recomendado é que todos procurem sempre ir a praia, e tomar banho nas marés baixas, quando a água do mar está calma e torna mais visível a localização de alguma caravela. Se for tomar banho com o mar bravo, mantenha vigilância para evitar o contato com caravelas, e até mesmo ataque de tubarão.    


VÍTIMAS: As maior parte das vítimas são crianças despercebidas que ao tomar banho, não percebem a aproximação da(s) caravela(s). Como pescador, eu já fui vítima e sei os sintomas causados por seus tentáculos. A sensação é como se tivéssemos recebendo pequenos choques, e ao mesmo tempo sofrendo múltiplas queimaduras . 

PS: Quando a caravela entra em contato com a pele humana, deixa vários espinhos de  bolhas, que ao estourarem, em contato com a pele, causam a sensação de queimadura.

COMO ALIVIAR A DOR: Primeiro que tudo, lave levemente todo(s) local(ais) afetado(s), com água do mar, para retirar o excesso de areia e mucosa(espinhos de  bolhas) deixada pela caravela(água viva). Logo após lave com vinagre e em seguida polvilhe farinha de trigo que irá grudar e formar uma espécie de papa, retendo assim os espinhos de  bolhas. Em seguida, com um palito de picolé, ou espátula, raspe levemente no sentido contrário aos pelos, que assim, estará retirando as micro bolhas sem estourá-las. Dessa forma, com certeza, aliviará imediatamente todos os sintomas, até que a vítima seja levada à um pronto socorro mais próximo, para receber maiores cuidados.

* Este procedimento é ensinado no Curso de Primeiro Socorros do Corpo de Bombeiros.
 
Obs.: Se no local, não dispor de farinha de trigo, lave todo(s) local(ais) afetado(s) com vinagre. O mais importante e aconselhável é levar de imediato a vítima a um local de atendimento, seja ele público ou particular para os devidos cuidados. 


IMPORTANTE: Hospitais e clínicas particulares teem obrigação por lei de prestar os primeiros socorros à quaisquer vítimas. Caso contrário, ela poderá ser penalizada por omissão de socorro.  Boa sorte e pesca à todos!.

Agradecimento do Pesca de Praias pela colaboração ao:  Rodrigo Fedrizzi


SAIA DA CRISE
Aprenda Rápido e Fácil Como Consertar Iphone, Sansung, Motorola, Sony, LG
Curso Completo de Manutenção, Conserto e Reparo de Celular e Smartphone
SAIBA COMO AQUI

8 comentários:

  1. Parabéns pelas informações. Muito importante saber!.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom chamar a atenção para este perigo que ronda as praias. Bela iniciativa.

    ResponderExcluir
  3. Grato pelo excelente alerta!.

    ResponderExcluir
  4. Uma coisa que funciona 100% é a urina por ser composta de uréia e acido único ela corta o efeito da queimadura na hora!

    ResponderExcluir
  5. tenho sida uma leitora de tdos seus cuidados, prevenção,etc, pois sou muiiito alergica aentão tenho picadas de bagre com = de 2 meses e ainda tenho o local doido, meio amortecido, abelhas, formigas, medicamentos, então sempre procuro ainformações de primeiros socorros pois amo pesca, mata, natureza mais tenho q saber lidar com isso, então as suas informações, dicas tem sido de muiita serventia, juro q aqinda essa semanaq vou testar a do bagre pois só tem dado ele por aqui, abços,obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que as informaçõs possam de alguma forma te ajudar. Boa sorte!.
      Atenciosamente, Leno Fishermann - Dono e Editor do Pesca de Praias.

      Excluir
  6. Parabéns pelas informações pena que só procuramos o que fazer quando acontece e pelo visto eu fiz tudo errado limpei com água mineral, e tirei esfregando areia e logo em seguida levei a criança ao hospital e realmente a mare está muito cheia fortes ondas

    ResponderExcluir
  7. Fui atacada por uma Caravela Portuguesa, há dez dias, em uma praia em Maceió. É exatamente isso que eu senti, como se tivesse levando choques e queimaduras ao mesmo tempo. Eu não sabia o que era e me aproximei, pois elas brilham na água. A onda veio e jogou ela em cima de mim, foi horrível. Uma dor insuportável, como nunca senti antes. Fui levada ao PAM de Paripueira, pois não conseguia respirar. Fui atendida imediatamente, só tenho a agradecer à médica de plantão é as auxiliares. Achei que ia morrer, pois a sensação é horrível. Ainda tenho marcas fortes de queimadura, pois grudaram nas costas, mão e braços. Mas pelo menos não sinto mais dores. Minha neta foi tentar me ajudar, coitada, e também se queimou. Serve de alerta a outras pessoas, ao entrarem no mar, observem tudo ao redor, e não se deixem encantar por algo desconhecido, mesmo que seja bonito!!!!

    ResponderExcluir